Opositor venezuelano diz que foi assediado por grupo armado em aeroporto

  • Por Estadão Conteúdo
  • 08/09/2016 12h07
Henrique Capriles

O líder da oposição venezuelana Henrique Capriles disse que foi assediado no aeroporto da ilha Margarita durante quatro horas por um grupo armado e partidários do governo encapuzados.

O tenso impasse terminou depois da meia-noite da última quarta-feira, 7, quando os adeptos se retiraram de uma área perto de onde Capriles aguardava para retirar sua bagagem. Enquanto Capriles afirmou que eles estavam armados, as imagens de vídeos não mostraram as armas. 

O vídeo com imagens granuladas enviado pelo ex-candidato presidencial mostra um pequeno grupo de pessoas batendo em uma parede de vidro, segurando uma placa: “Capriles: vá embora de Margarita”.