Os cinco mais ricos do Reino Unido têm mais dinheiro que 20% dos mais pobres

  • Por Agencia EFE
  • 17/03/2014 07h23

Londres, 17 mar (EFE).- As cinco famílias mais ricas do Reino Unido concentram mais riqueza que os 20% da população mais pobre, revelou nesta segunda-feira um estudo da organização Oxfam.

O relatório, que denuncia o aumento da desigualdade social entre ricos e pobres nas últimas duas décadas, mostra que 28,2 bilhões de libras (R$ 110,766 bilhões) da fortuna das cinco famílias do país superam os 28,1 bilhões de libras (R$ 110,373 bilhões) concentrados pelos 12,6 milhões de cidadãos mais pobres do Reino Unido.

Segundo Oxfam, as cinco famílias mais ricas do país são: Grosvenor, proprietária de terras; David e Simon Reuben, do setor de metal e propriedade; os irmãos Hinduja, do setor bancário; a família Cadogan, proprietária de terrenos nos bairros mais exclusivos de Londres, e Mike Ashley, proprietário do clube de futebol Newcastle United.

Os números da ONG destacam que nos últimos 20 anos os ricos viram csua renda crescer quase quatro vezes mais rápido que os outros 90% da população.

“O Reino Unido está se transformando em uma nação profundamente dividida, com uma elite rica que está vendo aumentar sua fortuna, enquanto milhões de famílias estão lutando para chegar ao fim do mês”, destacou Ben Phillips, diretor de campanhas da Oxfam no Reino Unido.

Phillips também disse que “é muito preocupante que existam estes níveis extremos de desigualdade no país, onde só um punhado de pessoas tem mais dinheiro que os milhões que lutam por sobreviver fora da miséria”.

Faltando dois dias para a apresentação dos orçamentos britânicos do próximo ano fiscal, Oxfam aproveitou a ocasião para reivindicar que os políticos equilibrem as contas aumentando os impostos para os mais ricos e que o salário mínimo seja reajustado até chegar a um “valor digno”.

Recentemente, e coincidindo com a realização do Fórum Econômico Mundial de Davos, Oxfam apresentou outro relatório que revelava que as 85 pessoas mais ricas do planeta possuem a mesma quantidade de dinheiro que metade da população mundial. EFE