Países do Mercosul oficializam suspensão da Venezuela do grupo

  • Por Jovem Pan
  • 01/12/2016 22h01
Maduro participará de tributo a Fidel em Caracas - EFE

Os países que compõem o Mercosul (Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai) tomaram a decisão de suspender a Venezuela do grupo nesta quinta-feira. O motivo do afastamento do país se dá por conta do não cumprimento das obrigações que se comprometeram quando entraram no Mercosul, em 2012. O documento deve chegar às mãos do presidente venezuelano Nicolás Maduro já nesta sexta-feira (2).

O texto que informa a suspensão da Venezuela tem a assinatura dos chanceleres dos quatro países e diz que está “cessado o exercício dos direitos (da Venezuela) inerentes à condição de Estado Parte do Mercosul”. Em setembro, ministros dos países membros assinaram outro documento, que determinava o prazo até esta quinta-feira para o cumprimento das obrigações, que continha o mesmo trecho.

A Venezuela não aderiu o Protocolo de Assunção de Promoção e Proteção dos Direitos Humanos e também o acordo que trata da questão de residência, e permite um cidadão de qualquer país do grupo viver em outro.