Papa entrega ao presidente da Ucrânia uma caneta “para assinar a paz”

  • Por Agencia EFE
  • 26/04/2014 08h58

Cidade do Vaticano, 26 abr (EFE).- O papa Francisco recebeu neste sábado o primeiro-ministro da Ucrânia, Arseni Yatseniuk, com quem dialogou em particular durante 18 minutos e entregou uma caneta para que “possa assinar a paz”.

Após a audiência com o papa, Yatseniuk voltará urgentemente a seu país e não participará, como estava previsto, da cerimônia de canonização dos papas João XXII e João Paulo II no domingo devido à situação em seu país, explicaram fontes diplomáticas.

Yatseniuk chegou ao Vaticano com uma delegação da qual fazia parte o ministro das Relações Exteriores, Andrii Deshchytsia, e o chefe do Gabinete de Ministros, Ostap Semerak, que representará amanhã a Ucrânia na cerimônia de canonização.

Na reunião com o papa, que nos últimos meses lançou vários pedidos de diálogo na crise na Ucrânia, Yatseniuk recebeu um estojo com uma caneta para que, segundo Francisco, “possa assinar a paz” ao que o primeiro-ministro respondeu: “Assim espero”.

Por sua parte, Yatseniuk presenteou o papa com uma fotografia da Praça da Independência em Kiev no último dia 31 de dezembro e disse ao papa: “Aqui os ucranianos lutaram pela liberdade e seus direitos”.

Nesta manhã, Yatseniuk encontrou também o presidente do governo italiano, Matteo Renzi. EFE

ccg/rsd