Papa nomeia novos bispos de Garanhuns, Campanha e Alto Solimões

  • Por Agencia EFE
  • 20/05/2015 11h08

Cidade do Vaticano, 20 mai (EFE).- O papa Francisco nomeou Paulo Jackson Nóbrega de Sousa como o novo bispo de Garanhuns, em Pernambuco, Pedro Cunha Cruz como bispo coadjutor de Campanha, em Minas Gerais, e Adolfo Zon Pereira como bispo de Alto Solimões, Amazonas, informou nesta quarta-feira a Santa Sé em comunicado.

Segundo o texto, a nomeação da região amazônica se deu por conta da renúncia ao governo pastoral apresentada por Evangelista Alcimar Caldas Magalhães, de acordo com o artigo 401/1 do Código de Direito Canônico, que prevê a possibilidade de deixar o cargo aos 75 anos. Seu sucessor já era bispo coadjutor na mesma diocese.

Já Paulo Jackson Nóbrega de Sousa, do clero da diocese de Patos, até agora era pároco da paróquia Senhor Bom Jesus do Horto, em Belo Horizonte, e professor de Sagrada Escritura na Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-MG).

Nasceu em 17 de abril de 1969 na Paraíba e cursou Filosofia no Instituto de Teologia do Recife (Iter) e Teologia no Seminário Arquidiocesano Imaculada Conceição em João Pessoa. Foi ordenado sacerdote em 1993.

Por sua vez, Pedro Cunha Cruz estava desempenhando o cargo de bispo auxiliar da arquidiocese do Rio de Janeiro. Ele nasceu em 16 de junho de 1964 na capital fluminense e estudou Filosofia na Universidade Estatal do Rio de Janeiro e Teologia na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ).

Recebeu a ordenação sacerdotal em 1990 e, entre outros cargos, foi diretor de Estudos no Seminário São José. EFE