Para evitar incêndios, Reino Unido pede amostras de revestimentos de prédios

  • Por Estadão Conteúdo
  • 25/06/2017 12h06
WOL034. London (United Kingdom), 18/06/2017.- The remains of cladding on the outside of Grenfell Tower, a 24-storey apartment block in North Kensington, London, Britain, 18 June 2017. Search and Rescue efforts are continuing to sift through the burnt out remains of the tower. At least 58 people are now missing and presumed dead in the Grenfell Tower disaster, police have said. This latest figure includes the 30 already confirmed to have died in the fire.The cause of the fire is yet not known. (Londres, Incendio) EFE/EPA/WILL OLIVERRestos de cladding no exterior da Grenfell Tower

O governo do Reino Unido pediu, com urgência, para que as autoridades regionais do país enviem amostras de revestimentos de blocos de edifícios, depois que todas as amostras de revestimento coletadas até agora falharam em testes de segurança contra incêndio.

Os testes foram encomendados depois que um incêndio ocorrido no último dia 14 de junho na Grenfell Tower, em Londres, causou a morte de pelo menos 79 pessoas. O secretário das comunidades, Sajid Javid, disse que todas as 34 amostras testadas não cumpriam os padrões de segurança contra incêndio. 

Além disso, um pedido público foi feito para investigar como foi possível que as autoridades responsáveis tenham dado permissão para utilização do revestimentos inseguros.

Funcionários do Conselho de Camden, em Londres, evacuaram centenas de apartamentos em quatro blocos da torre, por precaução, depois que os inspetores de incêndio concluíram que não eram seguros. Eles dizem que cerca de uma dúzia de famílias que ainda permanecem em seus apartamentos deve sair