Partida de trens de Budapeste para destinos do oeste da Europa é interrompida

  • Por Agencia EFE
  • 03/09/2015 10h41

Budapeste, 3 set (EFE).- A companhia estatal ferroviária da Hungria (MAV) informou nesta quinta-feira que “até uma nova decisão” de Budapeste trens com destino para o oeste da Europa não vão mais partir das estações.

Os trens que saem de Budapeste chegarão apenas até as fronteiras do país, informou a MAV em comunicado, sem explicar as causas da medida.

Milhares de refugiados esperam há dias na frente da estação Keleti de Budapeste para poder embarcar nos trens rumo a Áustria e Alemanha.

Na segunda-feira, as autoridades permitiram aos refugiados entrar nos trens e cerca de 3.600 deles conseguiram chegar à Alemanha, passando pela Áustria.

No entanto, no dia seguinte as autoridades evacuaram a estação, a fecharam durante uma hora e voltaram a abri-la depois, mas sem permitir o acesso dos refugiados.

Nesta manhã os policiais se retiraram da estação e muitos dos refugiados se apressaram a entrar nos trens, inclusive sem saber para onde iriam.

Finalmente, um trem partiu hoje, às 11h18 (horário local, 6h18 em Brasília), de Budapeste rumo à cidade de Sopron, no nordeste da Hungria, junto à fronteira com a Áustria, segundo a Agência Efe pôde comprovar. EFE