Pelo menos 15 mortos e 30 feridos em um duplo atentado em mercado no Iraque

  • Por Agencia EFE
  • 29/04/2014 08h58

Bagdá, 29 abr (EFE).- Pelo menos 15 pessoas morreram e 30 ficaram feridas nesta terça-feira em um duplo atentado cometido em um mercado popular da zona Al Saadia, na província de Diyala, no leste do Iraque, na véspera das eleições parlamentares.

Uma fonte da polícia de Diyala informou à Agência Efe que é possível que o número de vítimas fatais aumente devido à gravidade de muitos dos feridos.

A explosão das duas bombas, de forma consecutiva, causou também grandes danos materiais nas lojas do mercado e nos carros estacionados nos arredores.

O atentado aconteceu na mesma província onde ontem 25 civis iraquianos morreram e mais de 30 ficaram feridos em um atentado contra um grupo de curdos na cidade de Hanekin.

O ataque foi cometido por um suicida, que detonou o cinto de explosivos que levava preso ao corpo em meio a um encontro de civis curdos em frente à sede local da União Patriótica do Curdistão.

Além disso, pelo menos 26 membros das forças de segurança e militares iraquianos morreram e 90 ficaram feridos ontem em ataques contra diferentes centros eleitorais, na jornada de votação antecipada para integrantes da polícia e o exército nas eleições legislativas.

Aproximadamente um milhão de membros das forças policiais e do exército foram convocados ontem às urnas para poder garantir a segurança dos centros eleitorais na quarta-feira, quando a maioria dos iraquianos poderá exercer seu direito ao voto.

Quase 20,5 milhões de iraquianos estão registrados como eleitores na votação para definir as 328 cadeiras do parlamento.

A coalizão xiita Estado de Direito, dirigida pelo atual primeiro-ministro, Nouri al-Maliki, parte como favorita, enquanto outras como a aliança laica Al Iraqiya se apresentam fragmentadas. EFE