Pelo menos dez mortos em bombardeio de regime sírio em Aleppo

  • Por Agencia EFE
  • 25/01/2014 17h48

Beirute, 25 jan (EFE).- Pelo menos dez pessoas morreram neste sábado, entre elas quatro menores de idade, em um bombardeio da aviação militar das forças do regime de Bashar al Assad na cidade de Aleppo, no norte da Spiria, informou o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

Nos arredores de Damasco, helicópteros do governo lançaram barris com explosivos contra um centro de informação da oposição em Daraya, mas só causaram danos materiais.

Também na periferia da capital, os soldados atacaram com bombas áreas da cidade de Duma, sem ainda ter sido divulgado se houve vítimas.

A agência de notícias oficial Sana afirmou que o Exército realizou hoje várias operações em Aleppo e nos arredores de Damasco contra “terroristas”, como o regime denomina os opositores, causando dezenas de vítimas.

Em Aleppo e arredores, os soldados atacaram vários alvos “terroristas” em diferentes áreas como Al Lairamon e Salah ad-Din, dentro da cidade, assim como nos povos de Deir Hafer, Bab al Neirab, Kueires e Khan Asal, entre outros.

Segundo Sana, as forças armadas fizeram operações semelhantes perto de Damasco, como Adra, Duma, Zabadani, Yabrud e Al Maliha.

Estas informações não puderam ser verificadas de forma independentedevido às restrições impostas pelas autoridades e pelos rebeldes aos jornalistas para trabalhar no terreno .

Os ataques acontecem em meio as negociações em Genebra entre representantes do regime e da oposição.

Hoje as delegações do governo e da oposição dialogaram pela primeira vez, não diretamente, mas através do mediador internacional Lakhdar Brahimi, em reunião de duas horas em que acordaram a entrada de ajuda humanitária em Homs, no centro da Síria. EFE