Pelo sangue, cientistas identificam reincidência de câncer um ano antes

  • Por Jovem Pan
  • 27/04/2017 11h48
medicina

Especialistas britânicos conseguiram identificar a volta do câncer um ano antes de exames tradicionais com exame de sangue.

A equipe de médicos britânicos conseguiu rastrear pelo sangue sinais de câncer quando este era quase que invisível em raio-X e tomografia.

A descoberta deve permitir que o tratamento de tumores seja feito antes, o que eleva as chances de recuperação.

Após notar como o DNA instável permite a uma rápida evolução do tumor, o estudo também poderá levar a novas ideias para remédios contra a doença.

Apesar da pesquisa ter focado em casos de câncer no pulmão, as descobertas podem ser aplicadas a outros tipos da doença.

Para verificar tal possibilidade do ressurgimento do câncer do pulmão, por exemplo, os médicos utilizaram amostras de tumores de pulmões removidos em cirurgias. Deste modo, a equipe médica sabe o que deve ser rastreado.

A equipe do Instituto Francis Crick, em Londres, analisou o DNA instável dos tumores para obter uma espécie de “mapa genético” do câncer em cada paciente.

De três em três meses, foram realizados exames de sangue para verificar se vestígios do DNA cancerígeno teriam retornado.

Os resultados da pesquisa foram publicados na revista Nature e mostram que a recorrência da doença pode ser identificada por cerca de um ano antes do prazo já conhecido em métodos disponíveis pela medicina.