Perícia vai apontar vazamento de gás como motivo de explosão de academia no ABC Paulista

  • Por Jovem Pan
  • 19/05/2014 09h45

A perícia vai apontar vazamento de gás como motivo da explosão que deixou dois mortos e nove feridos em academia no ABC paulista no fim de semana. Os vizinhos e os frequentadores relataram o forte cheiro que sentiam na TEM Esportes, localizada na rua Miragaia, no bairro Paulicéia, em São Bernardo.

A professora de natação Helne Alves, de 24 anos, trabalhava no momento da tragédia e não resistiu. Os feridos estão fora de perigo, entre eles um menino, Lucas, de dois anos.

Já a segunda vítima, o torneiro mecânico Marcos Aparecido Pardim, de 51 anos, estendia roupas no quintal de casa, atrás da academia. Em entrevista a repórter Renata Gáspari, o sobrinho dele, Alex Aparecido, destacou que os moradores vinham sentindo o cheiro de gás.

*Ouça os detalhes no áudio

A academia em São Bernardo do Campo tinha três andares e ficou completamente destruída na explosão. O instrutor Felipe Nogueira trabalhava no momento do acidente e ajudou a socorrer crianças que estavam em aula.

Nogueira acrescentou ainda que o resgate chegou minutos depois da ocorrência. O tenente coronel do Corpo de Bombeiros Roberto Alboredo explicou que o gás pode ter vazado de uma das caldeiras que aquecem a piscina.

Depois do trabalho dos bombeiros, a Defesa Civil interditou ao menos quatro residências da rua Miragaia, em São Bernardo do Campo. Nesta segunda-feira, os responsáveis pela rede de academias devem prestar depoimento à polícia.

Em nota, a direção da TEM Esportes lamentou o ocorrido e afirma que vai prestar assistência às vítimas e familiares. Ainda no fim de semana, duas crianças e uma idosa ficaram feridas na explosão de gás em residência no Parque Novo Mundo, em São Paulo.