Pesquisador revela que ficou com arma dentro do ouvido durante negociação de sequestro

  • Por Jovem Pan
  • 20/05/2014 08h09

Após quase três horas de negociação, a polícia prendeu dois assaltantes que mantiveram família refém dentro de casa na Zona Norte de São Paulo. A dupla de criminosos entrou na residência localizada na rua José dos Santos Castro na manhã de segunda-feira.

Um casal e a filha deles que moram na casa, no bairro do Tremembé, foram feitos reféns pelos assaltantes. O pesquisador Fernando Décio contou que permaneceu com uma arma dentro do ouvido durante boa parte da negociação com a polícia.

*Ouça os detalhes no áudio

Os policiais do Grupo de Ações Táticas Especiais foram os responsáveis pela negociação que teve início às sete da manhã. Por volta das 9h30, os bandidos se renderam; o capitão do Gate, Ricardo Folkis, descreveu como foi a conversa.

Os reféns foram liberados sem ferimentos e a polícia foi chamada graças a um vizinho que percebeu a movimentação estranha. Em entrevista ao repórter Tiago Muniz, o homem, que não quer se identificar, acionou os policiais assim que viu os bandidos entrarem na residência.

Os assaltantes portavam uma arma de fogo, um revólver calibre 38. O caso foi registrado no 20º Distrito Policial de São Paulo, localizado no bairro da Água Fria.