Pesquisas apontam que partido da primeira-ministra venceu eleições na Letônia

  • Por Agencia EFE
  • 04/10/2014 16h17

Moscou, 4 out (EFE).- O partido Unidade, da primeira-ministra Laimdota Straujuma, se transformou na força política mais votada nas eleições parlamentares realizadas neste sábado na Letônia, segundo várias pesquisas de boca de urna divulgadas pelas agências locais.

A legenda conservadora que lidera a coalizão de centro-direita que governa a Letônia há apenas nove meses teria alcançado 23,8% dos votos, segundo uma pesquisa conjunta realizada por LETA, LNT, SKDS e pela Universidade Stradins de Riga.

A pró-russa Harmonia, vencedora dos últimos pleitos legislativos e líder em todas as enquetes publicadas antes de hoje, teria perdido quase sete pontos em relação a 2011 e teria ficado em segundo lugar após conseguir o apoio de 21,6% dos eleitores.

O terceiro posto é outorgado pelas pesquisas à União de Verdes e Camponeses, que teria conseguido o voto de 19,4% dos eleitores.

Após uma campanha marcada por uma feroz crítica de quase todos ao partido que defende os interesses da minoria russa, caldeada pelo papel de Moscou na crise da Ucrânia, a ultranacionalista União Nacional-Tudo pela Letônia teria se transformado na quarta força do país, com 18,5% dos votos.

Pouco mais de 1,5 milhão de letões estavam convocados hoje às urnas para escolher seus representantes após uma polêmica campanha eleitoral marcada pela crise da Ucrânia e pelo temor que Moscou ganhe influência sobre a numerosa minoria russa que vive no país báltico.

Cerca de 300 mil moradores do pequeno Estado báltico, principalmente russos instalados no país quando este fazia parte da União Soviética, não puderam votar por sua condição de “não cidadão” que lhes priva de alguns direitos fundamentais. EFE