Petróleo WTI fecha em alta de 0,6%

  • Por Agencia EFE
  • 23/01/2014 18h48

Nova York, 23 jan (EFE).- O Petróleo Intermediário do Texas (WTI, leve) fechou nesta quinta-feira em alta de 0,6%, cotado a US$ 97,32 o barril, seu nível mais alto em mais de três semanas, após um aumento inesperado das reservas de petróleo, enquanto o gás natural prosseguiu sua escalada de alta.

Ao final da sessão na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), os contratos de futuros do WTI para entrega em março, os de mais próximo vencimento, subiram US$ 0,59 em relação ao fechamento da quarta-feira.

O chamado “ouro negro” continuou subindo influenciado pelo aumento inesperado das reservas de petróleo anunciado nesta quinta e uma queda maior do que o esperado nas reservas de produtos refinados como o combustível de calefação.

As reservas de petróleo subiram em 1 milhão de barris (0,3%) na semana passada e ficaram em 351,3 milhões de barris, apesar da maioria dos analistas terem calculado uma redução de 1,9 milhão de barris nessa semana.

Também foi divulgado que o índice de tendência futura da economia nacional subiu 0,1% em dezembro, o que representa o sexto mês consecutivo de aumentos, segundo informou The Conference Board.

Por sua vez, os contratos de gasolina para entrega em fevereiro, os de mais próximo vencimento, caíram US$ 0,01 e fecharam em US$ 2,66 o galão (3,78 litros), após conhecer-se que suas reservas subiram 0,9% e ficaram em 235,3 milhões de barris.

Os contratos de gasóleo de calefação para entrega em fevereiro, também de referência, subiram US$ 0,04 para fechar em US$ 3,07 o galão, após ser divulgado que suas reservas caíram na semana passada 2,6% e ficaram em 120,7 milhões de barris.

Finalmente, os contratos de gás natural para entrega em fevereiro subiram US$ 0,05 para US$ 4,73 por cada mil pés cúbicos, após se saber que suas reservas caíram na semana passada em 121 bilhões de pés cúbicos. EFE