Philip Morris lucra 2,5% menos em 2013

  • Por Agencia EFE
  • 06/02/2014 16h22

Nova York, 6 fev (EFE).- A empresa de tabaco Philip Morris International, que vende seus produtos fora dos Estados Unidos, lucrou US$ 8,576 bilhões em 2013, 2,5% menos que no mesmo período do exercício anterior.

A companhia de Richmond (Virgínia) detalhou que de janeiro a dezembro registrou lucro líquido por ação de US$ 5,26, frente aos US$ 5,17 do exercício anterior, quando lucrou US$ 8,8 bilhões.

A Philip Morris International disse que o faturamento no conjunto do exercício foi de US$ 80,029 bilhões, alta de 3,4% em relação ao ano anterior, quando a receita chegou a US$ 77,393 bilhões.

Quanto aos resultados trimestrais, sobre os quais os analistas prestavam mais atenção, a empresa lucrou US$ 1,987 bilhão (US$ 1,24 por ação), 5,2% menos que nos mesmos três meses de 2012, quando lucrou US$ 2,095 bilhões.

O faturamento da companhia chegou entre outubro e dezembro para um total de US$ 20,390 bilhões, o que representa aumento de 3,3% em relação aos US$ 19,742 bilhões que lucrou no mesmo período do ano passado.

“Tivemos que operar em um ambiente extremamente difícil em 2013. Nesse contexto, suportamos bem as pressões e atingimos um sólido desempenho operacional”, disse ao anunciar as contas o executivo-chefe da empresa, André Calantzopoulos.

O principal responsável da empresa proprietária da marca Marlboro previu que a mudança de divisas que impactou no ano passado em suas contas persistirá em 2014, daí que tenham revisado para baixo suas previsões para o próximo exercício.

A Philip Morris International previu agora que seu lucro para o conjunto de 2014 ficará em uma categoria de entre US$ 5,02 e US$ 5,12 por ação, além de um plano de recompra de ações avaliado em US$ 4 bilhões. EFE