Planalto estuda cortes para cumprir metas fiscais

  • Por Jovem Pan
  • 28/05/2015 17h41
Vista da Lua Supernova por trás do Palácio do Planalto EFE Vista da Lua Supernova por trás do Palácio do Planalto

Palácio do Planato segue a cruzada de aperto dos cintos para o cumprimento das metas fiscais. O plano de corte na própria carne tem como novo alvo o estabelecimento de um limite nos gastos de custeio da máquina pública.

Entre as intervenções estudadas pelo Ministério do Planejamento estão os valores dispensados para o pagamento de passagens e diárias. Outro ponto analisado obrigaria os órgãos federais a instalar sistemas interligados para a transferência de projetos e processos.

O caminho interno acontece atualmente com o suporte do papel e da impressão e passaria para o não lugar do mundo digital. Uma estimativa inicial com base em experiências no Ministério da Justiça revelou que a economia anual gerada pode chegar aos R$ 900 mil.