Polícia apura estupro coletivo de duas adolescentes em MG

  • Por Estadão Conteúdo
  • 24/06/2016 13h22
Reprodução/Prefeitura Machado-MG

Um estupro coletivo envolvendo duas adolescentes, de 14 e 15 anos, ocorrrido no último fim semana (15-17) em Machado, no sul de Minas Gerais, é investigado pela Polícia Civil. Quatro suspeitos foram detidos, na tarde da última quinta-feira (23), enquanto outro fugiu após trocar tiros com policiais na noite anterior. Ele é foragido de um presídio na região.

As adolescentes alegam ter sido dopadas e violentadas por mais de 20 homens, após permanecerem trancadas em uma casa de sábado até o passado domingo. No local, a polícia localizou colchões, um sofá, uma TV e frascos vazios de bebidas alcoólicas.

A mãe de uma das vítimas contou que as duas garotas foram abordadas por homens armados quando caminhavam na rua, mostraram as armas e as levaram”, relatou. Ela contou também que a filha listou mais de 20 nomes de supostos estupradores, dizendo que a moça está traumatizada desde que foi libertada, na última segunda-feira (20). O trauma é para o resto da vida, ela nem está comendo direito.”

Investigação

Os quatro suspeitos apreendidos são menores de idade, enquanto o foragido é maior. O Conselho Tutelar acompanha o caso, e o delegado Juliano Lago, responsável pela apuração, disse que é preciso aguardar os exames feitos nas vítimas e ouvir todos os envolvidos, “seria prematuro dizer agora o que aconteceu”, ponderou.