Polícia de São Paulo recebe treinamento do FBI para controlar distúrbios

  • Por Agência EFE
  • 26/05/2014 16h31

O FBI treinou 50 policiais de São Paulo durante cinco dias em técnicas para o controle de distúrbios, informou nesta segunda-feira a Secretaria de Segurança Pública do estado que será sede do jogo de abertura da Copa do Mundo.

A polícia federal americana ofereceu um curso 25 agentes da Policiais Militar e 25 da Polícia Civil sobre o emprego da força tática móvel e o controle de distúrbios.

Durante o curso, que aconteceu entre os dias 19 e 23 de maio, os agentes abordaram aspectos como a diferença entre a gestão e o controle das multidões, as estratégias de gestão, o uso da força, a tomada de decisões, a relação com os meios de comunicação e o uso da inteligência para identificar possíveis atos de vandalismo.

A iniciativa aconteceu semanas antes do início do Mundial, que começa no próximo 12 de junho com a partida entre Brasil e Croácia na Arena Corinthians.

Durante o torneio, termina em 13 de julho, tudo indica que se repetirão manifestações como as que ocorreram durante a Copa das Confederações da Fifa em junho do ano passado, segundo anunciaram diversos coletivos e movimentos sociais.

Por outra parte, a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo informou hoje que já começou a operar o Centro Integrado de Comando e Controle Regional (CICCR), cujo objetivo é coordenar as operações de segurança durante o torneio.

A partir de 10 de junho o centro controlará 24 horas por dia, sete dias por semana, os arredores da Arena Corinthians, que receberá seis jogos da Copa, por meio de câmeras.

“Temos aqui quatro áreas importantes, uma de segurança e defesa; uma de Defesa Civil e bombeiros; uma de agências, e uma de mobilidade e trânsito”, ressaltou o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, na sua visita ao CICCR, no centro da capital paulista.