Polícia prende quatro acusados de furtos a caixas eletrônicos em São Paulo

  • Por Jovem Pan
  • 26/05/2015 07h44

Polícia Civil de São Paulo prende duas mulheres e dois homens suspeitos de fazer parte de uma quadrilha de furtos a caixas eletrônicos. Policiais da Delegacia de Investigações sobre Roubo a Bancos, do Deic,  participaram da ação, realizada nesta segunda-feira (25), em Guarulhos, na Grande São Paulo, Hortolândia, no interior do estado, e na zona sul da capital.

Foram presos o autônomo Ronaldo Adriano Cassandre, de 32 anos, a promotora de vendas, Noemi Dutra Oliveira, de 27, o marido dela o comerciante Daniel José Maria, de 38 anos, e a dona de casa Claudia da Silva Andrelino, de 43.

A ação permitiu as apreensões de material de contabilidade e documentação da quadrilha. Os papeis mostram o investimento feito com o dinheiro obtido e como era dividido o ganho nos ataques.

De acordo com o delegado do Deic Fábio Pinheiro Lopes, também foram apreendidos documentos de imóveis e empresas que podem ter sido comprados pelo bando.

Segundo a polícia civil, as prisões são desdobramento de uma operação ocorrida no início de abril, quando cinco integrantes do grupo acabaram detidos durante uma reunião em Sumaré, no interior do Estado.

Na ocasião, foi encontrado um arsenal, com fuzis, munições, explosivos, coletes balísticos e artefatos utilizados para furar pneus.

O Departamento Estadual de Investigações Criminais quer saber agora em quantos casos a quadrilha participou.

As informações são do repórter Jovem Pan Gabriel Medina.