Polícia terá sistema inteligente de câmeras em São Paulo

  • Por Jovem Pan
  • 17/04/2014 08h16

A polícia de São Paulo terá um sistema inteligente de câmeras que já existe em Nova Iorque, nos Estados Unidos, para o monitoramento de crimes e ocorrências. O objetivo é enviar imagens geradas pelo estado, prefeitura e iniciativa privada a uma única central e aos tablets instalados nas viaturas.

Inicialmente, serão 500 equipamentos que irão transmitir os vídeos em tempo real. O sistema começará a funcionar até 120 dias e é capaz de emitir alertas no caso de uma câmera detectar um movimento suspeito.

A tecnologia estará ainda ligada a órgãos, como o Detran, para ajudar, por exemplo, na investigação de carros roubados. O secretário da segurança pública de São Paulo, Fernando Grella Vieira, disse a Thiago Uberreich que os bancos de dados até hoje nunca foram centralizados.

*Ouça os detalhes no áudio

Vieira lembrou que como o sistema é inteligente apenas 4 ou 5 policiais podem ficar de plantão na central de monitoramento. O secretário de Planejamento, Júlio Semeguini, explicou que um PM recebe o alerta no caso de uma ação suspeita em um restaurante, por exemplo.

Semeguini apontou que este modelo de câmeras já existe há sete anos em Nova Iorque. No caso dos Estados Unidos, 10 policiais monitoram 6 mil processadores de imagens das ruas.