Alexandre Padilha afirma que governo empenhou 80% a mais em emendas parlamentares durante 2023

Foram liberados até o momento cerca de R$ 29,7 bilhões contra R$ 16,6 bilhões em 2022; posicionamento acontece na véspera de votações importantes para o governo no Legislativo

  • Por Jovem Pan
  • 06/12/2023 08h28
TON MOLINA/FOTOARENA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO Alexandre Padilha Ministro pediu que parlamentares utilizassem os recursos disponibilizados

O ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, se reuniu com líderes do Congresso e disse que o governo conseguiu empenhar 80% a mais de emendas do que no ano passado. Até agora são R$ 29,7 bilhões contra R$ 16,6 bilhões em 2022. Mesmo assim, o ministro cobrou a manutenção do ritmo acelerado de execução de emendas, tendo como argumento o que considera o ‘cenário econômico ideal’ para investimentos públicos. Ele citou a expectativa de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de 3%, inflação sob controle e desemprego abaixo de 8% como indicadores de que as verbas podem ser usadas.”Mostramos esses dados para os líderes. Nós temos de empenho 80% a mais em emendas parlamentares este ano comparado com o ano passado do último ano do governo anterior 80% a mais e um ritmo de pagamento também maior” afirmou Padilha. O posicionamento do ministro acontece na véspera de votações importantes para o governo no Legislativo. Estão na pauta reforma tributária. a medida provisória das subvenções pelo ICMS, a MP das apostas esportivas, além das leis orçamentárias.

Comentários

Conteúdo para assinantes. Assine JP Premium.