Ana Paula: Nossa Corte mais alta deveria ser constitucional, mas tem agentes políticos vestidos com togas

Ex-deputado federal Roberto Jefferson, presidente nacional do PTB, foi preso nesta sexta-feira, 13, por ordem do ministro Alexandre de Moraes; programa ‘Os Pingos Nos Is’ comentou a decisão

  • Por Jovem Pan
  • 13/08/2021 19h36 - Atualizado em 13/08/2021 20h45
Rosinei Coutinho/SCO/STF - 12/03/2020Ana Paula Henkel criticou decisão de Moraes e ministros do STF

O ex-deputado federal Roberto Jefferson, presidente nacional do PTB, foi preso nesta sexta-feira, 13, no Rio de Janeiro. A ordem de prisão preventiva partiu do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), após pedido da Polícia Federal, que identificou suposta atuação do político em uma milícia digital, voltada para proferir ataques à democracia. Além da busca e apreensão e do mandato de prisão, Moraes autorizou o acesso a mídias de armazenamento (inclusive celulares, HDs, pen drives apreendidos, materiais armazenados em nuvem) do ex-deputado. O STF também pediu que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) investigue se Jefferson usou recursos do fundo partidário e a estrutura do PTB para disseminar notícias falsas e realizar ataques às instituições democráticas.

Ana Paula Henkel, comentarista do programa “Os Pingos Nos Is“, da Jovem Pan, criticou a decisão de Moraes. “A nossa Corte mais alta, que deveria ser constitucional, não é. A nossa Suprema Corte é uma Corte criminal, é um tribunal político. São agentes políticos vestidos com togas, interferindo em poderes do Executivo, do Legislativo e no sistema de freios e contrapesos que equilibra qualquer democracia”, afirmou. “Nós podemos discordar de Roberto Jefferson, como também discordamos da maneira como Daniel Silveira postou aqueles vídeos, mas sempre temos que defender princípios, e não pessoas. Nesse caso, o princípio é da defesa da Constituição e do processo legal. Se isso acontece com eles, pode acontecer com qualquer um de nós”, completou. 

Assista ao programa “Os Pingos Nos Is” desta sexta-feira, 13, na íntegra: