Bolsonaro aparece à frente de Lula em São Paulo, diz pesquisa

Levantamento divulgado pelo Paraná Pesquisas mostra o presidente com 39,1% das intenções de voto, ante 35% do ex-presidente; pré-candidatos estão tecnicamente empatados dentro da margem de erro de 2,3 pontos percentuais

  • Por Jovem Pan
  • 28/05/2022 11h11
Montagem / Estadão Conteúdo / Agência Câmara Política Eleições 2018 Lula Bolsonaro Pesquisa foi divulgada neste sábado, 28

O presidente Jair Bolsonaro (PL) tem 39,1% das intenções de voto no Estado de São Paulo, ante 35% do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). É o que aponta levantamento divulgado neste sábado, 28, pelo Paraná Pesquisas, realizado entre os dias 22 e 26 de maio. Embora apareça numericamente na frente, o presidente da República e o petista estão tecnicamente empatados quase no limite da margem de erro, que é de 2,3 pontos percentuais para mais ou para menos. Atrás dos dois principais postulantes ao Palácio do Planalto aparecem o ex-ministro Ciro Gomes (PDT), com 5,4%, e o ex-governador de São Paulo João Doria (PSDB) – o nome do tucano foi incluído porque sua desistência ocorreu após o início da coleta de dados. O deputado federal André Janones (Avante-MG) e a senadora Simone Tebet (MDB-MS), escolhida como representante da chamada terceira via, estão empatados com 1,1% das intenções de voto. Pablo Marçal (PROS), Vera Lúcia (PSTU), José Maria Eymael (DC), Luiz Felipe D’Ávila (Novo) e Luciano Bivar (União Brasil) não chegam a um ponto percentual; brancos e nulos chegam a 8,4% e 4,3% não souberam responder.

O cenário apresentado neste sábado já aparecia no início do mês de maio, quando, conforme a Jovem Pan mostrou, Bolsonaro tinha 35,8% das intenções de voto contra 34,9% de Lula. Entre o final dos meses de março e maio, o presidente inverteu o cenário em São Paulo, maior colégio eleitoral, e ultrapassou o ex-presidente. Em abril, o pré-candidato do PL à Presidência aparecia com 31% das intenções de voto e o petista, com 34,1%. Em todos estes cenários, no entanto, a diferença entre os dois concorrentes está dentro da margem de erro. A pesquisa ouviu 1.880 eleitores com 16 anos ou mais em 76 municípios e está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-06924/2022.