Câmara de São Paulo aprova criação do ‘Dia da Harmonização Facial’

Projeto de lei do vereador Isac Félix (PL) prevê que a ‘apresentação pessoal’ é uma ‘necessidade fundamental’ na vida dos paulistanos; texto precisará passar por uma segunda votação

  • Por Jovem Pan
  • 26/05/2022 19h11
Nicole Fusco/Jovem Pan Fachada da Câmara Municipal de São Paulo Câmara Municipal de São Paulo aprovou, em primeira votação, a criação do 'Dia da Harmonização Facial'

A Câmara Municipal de São Paulo aprovou nesta quarta-feira, 25, um projeto de lei (PL) que instaura o ‘Dia da Harmonização Fácil‘ e a data que pode vir a receber a homenagem é o dia 29 de janeiro – a data refere-se a uma resolução do Conselho Federal de Odontologia que reconheceu, em 2019, a atividade como especialidade odontológica. O texto ainda precisa de uma segunda aprovação. De autoria do vereador Isac Félix (PL), o projeto alega que há a necessidade de incluir a festividade no calendário oficial da cidade pois “a apresentação pessoal é uma necessidade fundamental” e que a ação “visa reconhecer um novo ofício que está surgindo e pode ajudar” a população.

Aprovado sob risos, o texto passou pelas comissões da Casa e foi aprovado, em primeira votação, sem discussão dos parlamentares. O texto do projeto afirma que a “Comissão de Educação, Cultura e Esportes, no âmbito de sua competência, entende que o presente projeto é meritório e merece prosperar, eis que promove uma técnica que tem contribuído para o bem-estar e melhora da autoaceitação das pessoas, sendo, portanto, favorável o parecer”.