Cinco deputados do PL, de Bolsonaro, disputam o cargo de vice da Câmara; veja os nomes

Candidato oficial da sigla é Lincoln Portela, mas outros quatro parlamentares da legenda apresentaram candidaturas avulsas; o eleito irá substituir Marcelo Ramos, que perdeu o posto após mudar de partido

  • Por Jovem Pan
  • 25/05/2022 13h44 - Atualizado em 25/05/2022 16h49
Caio d'Arcanchy/Câmara dos Deputados Cabines para eleição da Mesa Diretora foram instaladas no Plenário Fonte: Agência Câmara de Notícias Cabines para eleição da Mesa Diretora foram instaladas no Plenário da Câmara dos Deputados

Cinco deputados federais do Partido Liberal, do presidente Jair Bolsonaro, se inscreveram para disputar a vice-presidência da Mesa Diretora Câmara dos Deputados nesta quarta-feira, 25. O candidato oficial da sigla é Lincoln Portela (MG), que recebeu 21 votos favoráveis da bancada do partido. Como a Jovem Pan mostrou, havia a expectativa de que o deputado Major Vitor Hugo (GO), atual pré-candidato ao governo de Goiás e ex-líder do governo na Casa, fosse escolhido. O próprio chefe do Executivo pediu votos para o major, que foi preterido por Portela por três votos. Além de Portela, outros quatro correligionários concorreram ao cargo por meio de candidaturas avulsas. São eles: a ex-ministra Secretaria de Governo da Presidência Flávia Arruda (DF), Fernando Rodolfo (PE), Capitão Augusto (SP) e Bosco Costa (SE).

O eleito substituirá Marcelo Ramos (PSD-AM), que perdeu o posto ao trocar o PL, partido pelo qual foi eleito para a cadeira, pelo PSD por discordâncias com o atual mandatário do país. A nova eleição para a Mesa Diretora foi convocada após o ministro Alexandre de Moraes, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), revogar liminar pedida pelo parlamentar para permanecer no cargo. Os parlamentares ainda terão de eleger os próximos 2º e 3º secretários da Casa, cargos ocupados, respectivamente, pelas deputadas Marília Arraes (PE), que trocou o PT pelo Solidariedade, e Rose Modesto (MS), que deixou o PSDB e se filiou ao União Brasil. Para essas vagas, o PT indicou Odair Cunha (MG), enquanto o PSDB designou Geovania de Sá (SC). A sessão está marcada para as 13h55. A votação será exclusivamente presencial, e o voto, secreto.