CPI da Covid-19: Mandetta, Teich, Pazuello, Queiroga e Barra Torres vão depor na semana que vem

Cronograma foi acertado em uma reunião na casa do presidente da comissão, senador Omar Aziz, na noite da quarta-feira, 28, e aprovado nesta manhã

  • Por Jovem Pan
  • 29/04/2021 11h07 - Atualizado em 29/04/2021 15h49
José Dias/PRNa sessão desta quinta-feira, os integrantes da CPI votam o plano de trabalho e os mais de 250 requerimentos

A Comissão Parlamentar de Inquérito que investiga a atuação dos governos municipais, estaduais e federal no enfrentamento à pandemia da Covid-19 aprovou a convocação dos ex-ministros da Saúde Luiz Henrique Mandetta, Nelson Teich e Eduardo Pazuello, do atual ministro Marcelo Queiroga e do presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, Antônio Barra Torres para depor. Eles serão ouvidos na semana que vem, nas seguintes datas: Mandetta e Teich na terça-feira, dia 4; Pazuello na quarta-feira, dia 5; e Queiroga e Barra Torres na quinta-feira, dia 6. O cronograma foi acertado em uma reunião na casa do presidente da comissão, senador Omar Aziz (PSD-AM), que contou com a presença dos senadores Randolfe Rodrigues (Rede-AP) e Renan Calheiros (MDB-AL), respectivamente, vice-presidente e relator do colegiado, na quarta-feira, dia 28. Na sessão desta quinta-feira, os integrantes da CPI votam o plano de trabalho e os mais de 250 requerimentos de convocação, convite e pedidos de informação protocolados até o momento.