CPI para apurar ONGs na Amazônia será instalada no próximo dia 14

Plínio Valério, autor do pedido de criação da comissão, anunciou a data nas redes sociais

  • Por Brasília
  • 30/05/2023 16h38
Waldemir Barreto/Agência Senado Plínio Valério (PSDB-AM) O senador Plínio Valério diz que tem recebido diversas denúncias sobre o repasse de recursos federais a ONGs

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que irá investigar a atuação de ONGs com foco na Amazônia será instalada no próximo dia 14 no Senado Federal, informou o senador Plínio Valério (PDSB-AM) nas redes sociais. Mais cedo, ele se reuniu com os integrantes do colegiado, que decidiu a data de início da CPI. “Vamos iniciar os trabalhos e investigar a atuação de organizações que são prejudiciais à Amazônia e ao Brasil”, escreveu o parlamentar, autor do requerimento pela criação da CPI e cotado para ser o presidente do colegiado. A comissão quer detalhes dos repasses feitos pelo governo federal a entidades estrangeiras desde 2002 e também investigar organizações não-governamentais consideradas de fachada e sua relação com o poder público. O pedido de criação da CPI foi assinado por 37 senadores — o número mínimo na Casa é de 27. Valério argumenta que tem recebido diversas denúncias sobre o repasse de recursos federais a ONGs que não foram efetivamente aplicados.

Comentários

Conteúdo para assinantes. Assine JP Premium.