Eduardo Leite anuncia apoio a João Doria em nome da ‘união do PSDB’

Ex-governador de São Paulo responde e afirma que, ‘finalmente, foram superadas todas as divergências internas’ para que ambos pudessem se alinhar

  • Por Jovem Pan
  • 22/04/2022 18h49
Reprodução/Twitter @jdoriajr João Doria e Eduardo Leite Governadores prometem caminhar juntos durante pré-campanha presidencial de João Doria

O ex-governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB) anunciou nesta sexta-feira, 22, que apoiará a candidatura de João Doria (PSDB) à presidência da República. Através de uma carta, à qual a Jovem Pan teve acesso, o gaúcho afirma que respeita o resultado das prévias realizadas pelo PSDB e que a sigla “deve ter candidato a presidente e liderar o centro democrático” e “hoje este nome é João Doria”. A demonstração de apoio ocorre após ambos se encontrarem no início da semana e a pauta da reuniao tratou do apoio de Leite a Doria. “Qualquer caminho diferente dependeria de entendimento com o próprio candidato escolhido. Assim, me coloco ao lado do meu partido e desta candidatura, na expectativa de que a união do PSDB contribua com a aguardada unificação dos atores políticos do centro daqui até a eleição de outubro”, alegou.

Em resposta, João Doria também divulgou um manifesto onde declara que reconhece o gesto de Leite em apoiar uma candidatura única no partido e que, “finalmente, foram superadas todas as divergências internas, corroborando com o resultado e a legitimidade das prévias que mobilizaram mais de 44 mil eleitores tucanos” e argumentou que o PSDB é capaz de “tirar o país de graves crises, como aconteceu com o Plano Real”. “Somos, Eduardo e eu, do partido da responsabilidade fiscal, da estabilidade econômica e dos programas sociais”, finalizou o ex-governador de São Paulo.