Eleições 2020: Covas participa de missa no primeiro dia da campanha eleitoral

O atual prefeito evitou definir sua posição no espectro político: “minha posição é de alguém que ama São Paulo”

  • Por Jovem Pan
  • 27/09/2020 12h12
ROGÉRIO GALASSE/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDOO período para comícios, carreatas e propaganda eleitoral nas redes sociais das eleições 2020 começa deste domingo

O prefeito da capital paulista, Bruno Covas (PSDB), da começou sua campanha à reeleição neste domingo, 27, participando de uma missa na paróquia Nossa Senhora da Conceição, no bairro Vila Suzana, na Zona Sul de São Paulo. Acompanhado do candidato a vice, o vereador Ricardo Nunes ( MDB), o tucano cantou, rezou, comungou e leu um trecho da bíblia, a Profecia de Ezequiel, durante a celebração. Na saída da missa, Covas minimizou a sua alta taxa de rejeição na mais recente pesquisa Ibope/Estadão, que mostra que 30% dos eleitores não votariam nele de jeito nenhum. “A campanha começa hoje [domingo]. Vamos poder falar explicitamente do que fizemos nos últimos quatro anos. Eu deixo as pesquisas para os cientistas políticos analisarem”, afirmou.

Sobre o apoio do presidente Jair Bolsonaro ao seu adversário, Celso Russomano (Republicanos), que lidera a pesquisa com 24% das intenções de voto, Covas disse que “não escolhe adversário”. “Nossa campanha, diferente das outras, não vai vender sonho, mas realidade”, afirmou o atual prefeito. Ao ser questionado sobre a sua posição no espectro político, o candidato mais uma vez evitou se colocar. “Minha posição é de alguém que ama São Paulo”. O período para comícios, carreatas e propaganda nas redes sociais das eleições 2020 começa deste domingo. O prazo para horário eleitoral nas TVs e rádios vai de 9 de outubro a 12 de novembro.

*Com Estadão Conteúdo