Eleições em SP: Haddad lidera com 24%; França tem 18%; Tarcísio, 9%

Pesquisa Genial/Quaest divulgada nesta quinta-feira, 17, mostra favoritismo do petista na disputa pelo Palácio dos Bandeirantes; candidato de Doria oscila entre 3% e 8%

  • Por Jovem Pan
  • 17/03/2022 08h56 - Atualizado em 17/03/2022 08h57
Roberto Casimiro/Estadão Conteúdo haddad Ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT) lidera em todos os cenários simulados

O ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT) lidera a corrida pelo governo do Estado de São Paulo, com 24%. Ele é seguido pelo ex-governador paulista Márcio França (PSB), que aparece com 18%. O terceiro colocado na disputa pelo Palácio dos Bandeirantes é o candidato do presidente Jair Bolsonaro, ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, que soma 9% das intenções de voto. É o que mostra a pesquisa Genial/Quaest divulgada na manhã desta quinta-feira, 17.

O levantamento reflete o imbróglio envolvendo as candidaturas de Haddad e França no maior colégio eleitoral do país. Apesar da filiação do ex-governador Geraldo Alckmin ao PSB estar encaminhada – caciques do partido esperam que o anúncio ocorra nos próximos dias –, os dois mantêm suas candidaturas ao Palácio dos Bandeirantes. Os petistas oferecem ao quadro socialista a vaga ao Senado na chapa de Haddad. Sem França na disputa, Haddad chega a 30% e é seguido por Tarcísio, que alcança os 11%. Nos quatro cenários simulados pela Quaest, o candidato do governador de São Paulo, João Doria (PSDB), não alcança os dois dígitos. O vice-governador Rodrigo Garcia (PSDB) oscila entre 3% e 8%.

Nas simulações de segundo turno, Haddad segue na liderança. De acordo com o levantamento, o petista venceria Márcio França (38% a 33%), Tarcísio Gomes de Freitas (42% a 27%) e Rodrigo Garcia (41% a 25%). França venceria Garcia (44% a 15%) e Tarcísio, por sua vez, supera Garcia (29% a 18%). A pesquisa foi realizada entre os dias 11 e 14 de março, com amostra de 1.640 entrevistas de forma presencial domiciliar em 75 municípios do Estado de São Paulo. A margem de erro é de dois pontos percentuais e tem 95% de nível de confiabilidade. A pesquisa está registrada no TSE sob o número SP-03634/2022. Confira abaixo os cenários simulados pela pesquisa:

Primeiro turno

Cenário I
Fernando Haddad (PT): 24%
Márcio França (PSB): 18%
Tarcísio Gomes de Freitas (sem partido): 9%
Guilherme Boulos (PSOL): 7%
Renata Abreu (Podemos): 3%
Rodrigo Garcia (PSDB): 3%
Vinicius Poit (Novo): 2%
Felício Ramuth (PSD): 1%
Abraham Weintraub (Brasil 35): 1%
Branco/Nulo/Não pretende votar: 24%
Indecisos: 9%

Cenário II
Haddad: 30%
Tarcísio: 11%
Renata Abreu: 7%
Rodrigo Garcia: 5%
Poit: 3%
Ramuth: 3%
Branco/Nulo/Não pretende votar: 32%
Indecisos: 10%

Cenário III
Haddad: 31%
Tarcísio: 12%
Rodrigo Garcia: 6%
Poit: 4%
Ramuth: 3%
Branco/Nulo/Não pretende votar: 33%
Indecisos: 11%

Cenário IV
Haddad: 35%
Tarcísio: 15%
Rodrigo Garcia: 8%
Branco/Nulo/Não pretende votar: 33%
Indecisos: 9%

Segundo turno

Cenário I
Haddad: 41%
Garcia: 25%
Branco/Nulo/Não pretende votar: 28%
Indecisos: 6%

Cenário II
Haddad: 42%
Tarcísio: 27%
Branco/Nulo/Não pretende votar: 25%
Indecisos: 6%

Cenário III
Haddad: 38%
França: 33%
Branco/Nulo/Não pretende votar: 23%
Indecisos: 5%

Cenário IV
França: 44%
Garcia: 15%
Branco/Nulo/Não pretende votar: 32%
Indecisos: 9%

Cenário V
Tarcísio: 29%
Garcia: 18%
Branco/Nulo/Não pretende votar: 43%
Indecisos: 10%