Gleisi diz que Baleia Rossi perderá votos do PT por não tratar de impeachment

Partido dos Trabalhadores já anunciou apoio ao candidato de Rodrigo Maia à presidência da Câmara, mas a presidente da sigla cobra do emedebista ações contra Jair Bolsonaro

  • Por Jovem Pan
  • 10/01/2021 18h12 - Atualizado em 10/01/2021 18h13
ReproduçãoGleisi Hoffmann é a presidente do Partido dos Trabalhadores

A deputada federal Gleisi Hoffman (PT-PR), presidente nacional do Partido dos Trabalhadores, afirmou neste domingo, 10, pelo Twitter, que Baleia Rossi (MDB-SP) perderá votos da sigla na disputa pela presidência da Câmara dos Deputados por “se negar a fechar com a possibilidade” de impeachment do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). “Dar resposta a crimes do Executivo é o item 3.6 do compromisso de Baleia Rossi com a oposição. Inclui analisar denúncias de crimes do presidente da República, mesmo que não haja acordo para aprovar impeachment. Ao negar o que tratamos e fechar essa possibilidade, Baleia perderá votos no PT”, anunciou a petista.

Em votação interna realizada no último dia 4, o PT decidiu, por 27 votos a 23, apoiar o candidato escolhido por Rodrigo Maia (MDB-SP) para sucedê-lo. Além do PT, PDT, PSB, PCdoB e Rede Sustentabilidade integram a frente ampla contra Arthur Lira (PP-AL), o preferido de Bolsonaro na eleição da Câmara. Rossi ainda conta com os apoios de MDB, DEM, Cidadania, PV e, oficialmente, do PSL, ex-partido do presidente, que ainda reúne uma base bolsonarista. Este bloco soma 281 parlamentares. Já Lira tem ao seu lado PP, PL, Avante, Republicanos, Solidariedade, PSD, PTB, PROS, PSC e Patriota (204 deputados).