‘Se Deus quiser, Arthur Lira será eleito presidente da Câmara’, diz Bolsonaro

Nas últimas semanas, o Palácio do Planalto intensificou as articulações para garantir a eleição do líder do Centrão; após encontro com deputados do PSL, presidente disse que iria ‘influir’ no pleito

  • Por Jovem Pan
  • 28/01/2021 15h44
Reprodução/Redes SociaisLira possui o apoio do Palácio do Planalto e espera vencer disputa no primeiro turno

O presidente Jair Bolsonaro defendeu, nesta quinta-feira, 28, a eleição de Arthur Lira (PP-LA) para o cargo de presidente da Câmara dos Deputados. Lira enfrentará Baleia Rossi (MDB-SP), candidato escolhido por Rodrigo Maia (DEM-RJ) para sucedê-lo, na segunda-feira, 1º. “Amigos de Sergipe, amigos de Alagoas, se Deus quiser, teremos o segundo homem na linha hierárquica do Brasil, eleito aqui no Nordeste, pela Câmara dos Deputados. O deputado Arthur Lira. Se Deus quiser, será o nosso presidente”, disse Bolsonaro. A declaração foi feita na cidade de Propriá, município do estado do Sergipe, em uma cerimônia de inauguração de uma obra que liga os estados de Sergipe e Alagoas.

Nas últimas semanas, o governo Bolsonaro intensificou a articulação a favor da candidatura de Arthur Lira. Nesta quarta-feira, 27, o presidente afirmou que tem a intenção de “influir” na disputa pelo comando da Câmara. “Viemos fazer uma reunião com 30 parlamentares do PSL e vamos, se Deus quiser, participar, influir na presidência da Câmara com esses parlamentares, de modo que possamos ter um relacionamento pacífico e produtivo para o nosso Brasil”, disse após um café da manhã com deputados da ala bolsonarista do PSL, partido pelo qual foi eleito em 2018.

Como a Jovem Pan mostrou, aliados de Arthur Lira acreditam em uma vitória no primeiro turno. “Eu que sou pessimista fico entre 280 e 290 votos”, resume um dos principais articuladores da campanha de Lira. Para ser eleito, o postulante precisa da maioria absoluta dos votos – se todos os 513 parlamentares votarem, vence quem obtiver 257 votos. Caso esta quantidade não seja alcançada, os dois mais votados disputarão o segundo turno.