Preços do etanol e da gasolina apresentam diferença de quase 70%

  • Por Jovem Pan
  • 07/10/2014 08h41

Os preços do etanol e da gasolina apresentaram diferença de quase 70% e o motorista que tem carro flex voltou a se interessar pelo álcool. Desde o início do mês, consumidores de 14 estados e o Distrito Federal abasteceram com litro do etanol mais em conta.

São Paulo possui o litro mais barato, média de um R$ 1,86 enquanto o Acre, com litro a R$ 2,93, apresenta o maior preço. O presidente da consultoria Datagro, Plínio Nastari, referência no exterior, falou sobre as vantagens do etanol para o bolso e o meio ambiente.

Em 2009, metade da frota de veículos no Brasil era abastecida com etanol e, hoje, o consumo não chega a 35%. O professor da Esalq/Usp, Marcos Fava Neves, relatou a Renata Perobelli a visita às plantações de cana-de-açúcar e às usinas sucroalcooleiras.

A venda de combustíveis nos postos caiu cerca de 20%, entretanto, o segmento sustenta números positivos sobre 2013. Falando a Daniel Lian, a presidente da União da Indústria da Cana-de-Açúcar, Elizabeth Farina, lamentou a perda da competitividade frente à gasolina.

Atualmente, há estoques de 9 bilhões de litros de etanol na região Centro-Sul, 12% maior em relação ao ano passado. O consultor em agronegócios, Renato Buranello, alertou para os gargalos no mercado de açúcar e álcool, que necessita de nova regulamentação.  

Entre as regiões, a vantagem continua no sudeste, onde o preço médio do álcool hidratado ficou em R$ 1,93. O norte apresentou o litro mais caro, média de R$ 2,59 e o Nordeste a pior relação com a gasolina, 82,79%.