Prefeitura de São Paulo instalará mais 242 radares em abril

  • Por Jovem Pan
  • 28/03/2014 18h47

A Prefeitura de São Paulo vai instalar radares em faixas de ônibus e nova área do rodízio de veículos a partir de abril. O número de equipamentos irá aumentar em 40%, de 601 radares para 843 aparelhos eletrônicos mais modernos e eficientes.

Segundo o secretário dos transportes, Jilmar Tatto, a ideia não é criar uma possível “indústria de multas”. “Sempre o foco segurança. Os cruzamentos mais perigosos e aí a prioridade do transporte coletivo. O que precisa é deixar claro que naquele ponto será sinalizado que tem uma fiscalização eletrônica”, disse.

O ex-diretor do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), Aílton Brasiliense, defende que somente a fiscalização pode alterar o comportamento dos motoristas. “É fundamental que se tenha um aumento na fiscalização. A CET divulgou recentemente o número de pessoas que morreram na cidade no ano passado: 1.150. Esse número é absolutamente não aceitável pra qualquer sociedade saudável. O aumento da fiscalização tem este principal propósito, que é reduzir ou zerar o número de mortos e feridos”, explicou Brasiliense.

Os radares também pretendem vigiar a futura área do rodízio, de 371 km, além da atual que hoje vale a do centro expandido.