Prefeitura de SP estuda proibição de motos na pista expressa da Marginal Pinheiros

  • Por Jovem Pan
  • 14/08/2015 16h33
SÃO PAULO, SP, 13.09.2011: TRÂNSITO/MARGINAL PINHEIROS - Trânsito na Marginal Pinheiros, sentido Interlagos na altura na Ponte do Morumbi na manhã desta terça-feira,a na zona sul da capital. (Foto: Rahel Patrasso/Frame/Folhapress)marginal pinheiros

O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), disse nesta sexta-feira (14) que irá anunciar na próxima semana um pacote de medidas de segurança para motociclistas que trafegam nas marginais da cidade.

Uma destas medidas, estudadas pela Prefeitura, é a proibição do tráfego de motos na pista expressa da Marginal Pinheiros. Esta norma já é válida para os motociclistas na Marginal Tietê.

Em inauguração de conjunto de unidades habitacionais do programa “Minha Casa, Minha Vida” em Capão Redondo, na zona sul da cidade, Haddad disse que isto está “sendo estudado junto com outras medidas”.

O prefeito também afirmou que existe a possibilidade de instalação de radares especiais para fiscalizar motos e de uma mobilização da Guarda Civil Metropolitana (GCM) para ajudar no monitoramento já realizado pela CET (Companhia de Engenharia de Tráfego).

Haddad ressaltou a dificuldade de fiscalização nos radares tradicionais e lembrou que a GCM foi autorizada pelo STF (Supremo tribunal Federal) para fiscalizar o trânsito: “ela tem uma ostensividade maior em relação à própria CET”.

Juntamente ao pacote de medidas, Fernando Haddad disse ainda que a Prefeitura de SP irá publicar um balanço de mortes de motociclistas nas marginais.