Premiê sul-coreano renuncia por causa da gestão do naufrágio do Sewol

  • Por Agencia EFE
  • 26/04/2014 22h57

Seul, 27 abr (EFE).- O primeiro-ministro sul-coreano, Chung Hong-won, apresentou neste domingo (data local) sua renúncia devido às críticas pela gestão da tragédia do naufrágio do navio Sewol, que deixou mais de 300 mortos ou desaparecidos.

“Devo assumir as responsabilidades e renunciar”, afirmou Chung em entrevista coletiva, quando se completam 11 dias do acidente que comoveu o país, segundo publicou a agência “Yonhap”. EFE