Presidente do STF, Luiz Fux, é diagnosticado com Covid-19

Ministro testou positivo ao procurar unidade de saúde no Rio de Janeiro após sentir febre; assessoria afirma que Fux passa bem e ficará isolado por 10 dias

  • Por Gabriel Bosa
  • 14/09/2020 16h28 - Atualizado em 15/09/2020 08h45
Marcelo Camargo/Agência BrasilLuiz Fux assumiu a presidência da Corte na semana passada em sessão marcada por precauções para evitar a disseminação da Covid-19

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luiz Fux, foi diagnosticado com o novo coronavírus, informou a assessoria de comunicação da Corte nesta segunda-feira, 14. A nota afirma que Fux passa bem e que pretende conduzir a sessão virtual ordinária do plenário nesta quarta-feira, 16. O presidente da Corte buscou atendimento médico no Rio de Janeiro nesta segunda-feira após apresentar febre. A suspeita é que ela tenha contraído o vírus em um almoço de confraternização familiar neste sábado, 12. A assessoria ainda afirma que o ministro seguirá todos os protocolos de saúde e ficará em isolamento pelos próximos 10 dias.

Fux assumiu a presidência do STF na quinta-feira da semana passada, 10, em sessão especial marcada por medidas para evitar a disseminação do novo coronavírus, como a limitação de 50 dos 250 lugares disponíveis no plenário, a obrigação do uso de máscaras e a instalação de placas de acrílico para separar os assentos na mesa de autoridades. Como primeiro ato simbólico, o novo presidente fez uma homenagens aos mortos e familiares das vítimas da pandemia da Covid-19. Fux foi o primeiro ministro do STF diagnosticado com a Covid-19. Na semana passada, o novo presidente divulgou as pautas do Supremo até o fim de 2020, com ênfase na promoção da segurança jurídica e auxílio ao trabalho de todos os envolvidos nos processos que estão em tramitação.