Presidente sul-coreana faz mais mudanças no governo

  • Por Agencia EFE
  • 01/06/2014 00h54

Seul, 1 jun (EFE).- A presidente sul-coreana, Park Geun-hye, nomeou neste domingo um novo ministro da Defesa e um novo conselheiro nacional de Segurança, em outra modificação de sua equipe de governo após a crise política criada pelo afundamento do navio Sewol.

O até agora ministro da Defesa, Kim Kwan-jin, passará a dirigir o Escritório Nacional de Segurança, sucedendo a Kim Jang-soo, que renunciou por causa das críticas recebidas pela gestão do naufrágio, anunciou o porta-voz da presidente à agência “Yonhap”.

O anterior responsável deste escritório, cujas tarefas incluem a supervisão de assuntos nacionais de Segurança, Defesa e Política Externa, renunciou a seu cargo há dez dias após a polêmica gerada por declarações nas quais afirmou que sua incumbência não era ser “a torre de controle” para desastres como o do Sewol.

Park também nomeou como novo ministro da Defesa Han Min-koo, um alto cargo desta mesma pasta, em substituição a Kim Kwan-jin.

Ambos os cargos deverão ser agora respaldados pelo parlamento sul-coreano.

Trata-se de uma nova modificação impulsionada por Park no meio da crise política vivida pela Coreia do Sul desde o trágico afundamento no dia 16 de abril do Sewol. EFE