Primeira-dama da Coreia do Norte está grávida, diz especialista do Sul

  • Por Agencia EFE
  • 24/02/2014 01h02

Seul, 24 fev (EFE).- Um especialista sul-coreano afirmou nesta segunda-feira em um jornal de tiragem nacional que a primeira-dama da Coreia do Norte, Ri Sol-ju, parece estar grávida de novo, de acordo com fotos recentes da esposa do líder Kim Jong-un publicadas na imprensa do país vizinho.

O “Rodong Sinmun”, jornal oficial do partido dos Trabalhadores do regime norte-coreano, mostrou no dia 18 de fevereiro uma fotografia na qual Ri, vestida com roupa folgada, aparentava ter ganhado algo de peso.

Com base nessas imagens, o especialista em assuntos norte-coreanos Chung Sung-jang, do Instituto Sejong de Seul, afirmou no periódico sul-coreano “Chosun” que a esposa de Kim Jong-un poderia estar grávida de novo.

O pesquisador observou que o vestido de Ri no “Rodong” é similar em cor e modelo ao que a primeira-dama tinha mostrado durante sua gravidez anterior.

Além disso, segundo explicou o especialista, Ri parece estar grávida de três a cinco meses.

O fechado regime norte-coreano esconde com receio todos os dados relativos à vida pessoal de seu líder Kim Jong-un, por isso que é quase impossível confirmar oficialmente a informação.

Ri Sol-ju apareceu visivelmente grávida no final de 2012 e acredita-se que teve uma filha no começo de 2013, embora a única pessoa que assegurou publicamente ter visto a menina é o ex-jogador de basquete americano Dennis Rodman, que fez amizade com Kim Jong-un após viajar para Pyongyang.

Deste modo, acredita-se que o líder poderia estar tentando ter um filho homem para garantir sua sucessão na peculiar dinastia comunista dos Kim, que governaram a Coreia do Norte por três gerações desde sua fundação em 1948. EFE