Primeiro filhote de gorila da América do Sul nasce em Minas Gerais

  • Por Agencia EFE
  • 05/08/2014 18h08

Belo Horizonte, 5 ago (EFE).- O primeiro filhote de gorila da América do Sul, ainda sem o sexo identificado, nasceu nesta terça-feira no zoológico de Belo Horizonte, Minas Gerais, informou em comunicado a Fundação Zoo-Botânica da cidade.

De acordo com o diretor do Jardim Zoológico, Gladstone Corrêa, nos primeiros meses de vida filhote se agarra ao ventre da mãe, dificultando a identificação dos biólogos. A tendência de Lou Lou, a mãe, será buscar segurança nos pontos mais isolados do zoo para proteger sua cria.

O pai, Leon, é um gorila de 180kg e 16 anos de idade que veio do zoológico Loro Parque de Tenerife, na Espanha, em 2013. Já a mãe, de dez anos e com 68,4kg, chegou na mesma data vinda do zoo inglês Howletts Wild Animal Park.

Lou Lou e sua cria continuarão vivendo no mesmo ambiente com o pai e com Imbi, uma gorila de 14 anos que está grávida de Leon e que deve ter seu filhote em outubro. Trata-se do único gorila macho na América do Sul e na natureza. As famílias de gorila são formadas por um único macho adulto e várias fêmeas com os filhos.

Herbívoro, o gorila é natural das florestas do centro da África e vive entre 30 e 50 anos. A gestão da espécie dura, em média, entre oito e nove meses. EFE

jrv/cdr