Primeiro-ministro da Tunísia apresenta hoje oficialmente seu novo governo

  • Por Agencia EFE
  • 26/01/2014 17h08

Túnis, 26 jan (EFE).- O novo primeiro-ministro da Tunísia, Mehdi Yuma, apresentará neste domingo ao presidente do país, Moncef Marzouki, sua equipe de governo, composta por 20 ministros “tecnocratas e independentes”.

A apresentação do executivo, que deverá ser referendada pelo parlamento, estava prevista para ontem, mas atrasou devido à rejeição da oposição a que o atual ministro do Interior, Lutfi Ben Yedu, mantenha seu cargo na nova equipe.

Em outubro as principais forças políticas do país se comprometeram com a formação de um novo executivo tecnocrata e independente para tentar desbloquear a profunda crise política entre a oposição e o governo que mantinha bloqueada a transição democrática.

Embora vários dos nomes do novo gabinete tenham sido vazados à imprensa, ainda não se sabe se Ben Yedu continuará à frente da pasta do Interior ou se abandonará o governo.

Depois de se reunir ontem com o chefe de Estado, Yuma declarou que tinha preferido adiar o anúncio de seu gabinete por falta de consenso em torno de Ben Yedu.

O chefe do governo garantiu que queria “dar uma oportunidade para que o consenso entre todas as partes envolvidas seja total”.

Enquanto a oposição rejeita o atual ministro do Interior, o partido majoritário Al-Nahda considera uma prioridade a permanência de Ben Yedu por causa da degradada situação de segurança no país.

A apresentação do novo governo coincide com as últimas sessões da Assembleia Nacional Constituinte (ANC) para aprovar a nova constituição do país.EFE