Principais indicadores da criminalidade têm queda na capital de São Paulo

  • Por Agência Brasil
  • 25/05/2015 17h50

Policiais chegaram ao local da explosão e trocaram tiros com os bandidosBandidos explodem caixas eletrônicos em um centro comercial na Rua Diógenes Ribeiro de Lima no Alto de Pinheiros

O balanço divulgado hoje (25) pela secretaria de segurança de São Paulo revela que, na capital, tal como no restante do estado, ocorreu queda nos principais indicadores da criminalidade, com recuo de 13,83% no número de homicídios dolosos, de 94 casos em abril do ano passado para 81 neste ano, enquanto os latrocínios na cidade diminuíram 43,75% em abril, com nove casos.

Os roubos em geral passaram de 13.909 casos para 13.129, enquanto o de furtos passou de 17.278 ocorrências para 15.233. “Na capital, tivemos bons índices, da mesma forma que no estado como um todo. Até porque a capital puxa muito esses índices”, explica o secretário de Segurança Pública do estado, Alexandre de Moraes.

 

Assim como no estado, na capital houve acréscimo de casos envolvendo roubos a banco e de carga. “Roubo de carga subiu 19,64% na capital e puxou o restante do estado e roubo a banco passou de quatro casos para 12”, disse o secretário.

Considerando os primeiros quatro meses do ano, a queda no número de homicídios em todo o estado foi de 9,11% em comparação ao mesmo período do ano passado, enquanto a queda no número de latrocínios representou 15%na mesma comparação. Segundo a secretaria, os homicídios dolosos somaram 1.376 casos no quadrimestre, segundo menor índice de toda a série histórica, superado apenas por 2011, quando ocorreram 1.364 mortes intencionais.

No estado, os latrocínios somaram 119 casos, 21 a menos que durante o período de janeiro a abril do ano passado. “Em abril tivemos bons resultados com relação aos índices de criminalidade e isso refletiu de maneira bem positiva nos índices do primeiro quadrimestre”, disse o secretário.

Os roubos em geral, nos primeiros quatro meses de 2015, caíram 3,52%, com o registro de 103.048 casos. Já os roubos de veículos no estado caíram 23,98% no quadrimestre, somando 27.450 casos contra 36.107 nos primeiros quatro meses do ano passado. Os furtos em geral, que totalizaram 162.644 este ano e caíram 9,32% na comparação com o período de janeiro a abril do ano passado.