Principais notícias internacionais de abril de 2014

  • Por Agencia EFE
  • 12/12/2014 20h49

Dia 1º:.

– Um terremoto de 8,2 graus na escala Richter atinge o norte do Chile. Seis pessoas morrem e 972 precisam ser evacuadas.

None

Dia 2:.

– A socialista Ségolène Royal é nomeada ministra de Ecologia, Desenvolvimento Sustentável e Energia no governo de Manuel Valls.

None

Dia 3:.

– O papa Francisco e a rainha Elizabeth II se reúnem no Vaticano.

None

Dia 4:.

– A fotógrafa alemã Anja Niedringhaus morre e o repórter canadense Kathy Gannon é ferido ao serem baleados no Afeganistão, onde trabalhavam para a agência AP.

None

Dia 5:.

– Inaugurada a linha 1 do metrô de Cidade do Panamá, primeiro país da América Central a construir este meio de transporte.

– A socialista francesa Anne Hidalgo torna-se a primeira prefeita de Paris.

None

Dia 7:.

– O federalista Partido Liberal de Québec (PLQ) ganha com maioria absoluta as eleições na província canadense.

None

Dia 8:.

– O presidente da Irlanda, Michael D. Higgins, inicia a primeira visita de um chefe de Estado local ao Reino Unido.

None

Dia 10:.

– Começa na Argentina uma greve geral convocada pelos sindicatos opositores ao governo.

None

Dia 11:.

– Grécia volta ao mercado financeiro após quatro anos de ausência.

None

Dia 12:.

– Na Ucrânia, ativistas pró-Rússia tomam a sede do Ministério do Interior em Donetsk e várias delegacias de polícia.

-Um gigantesco incêndio em Valparaíso (Chile) deixa 12 mortos, oito feridos e duas mil casas destruídas.

None

Dia 15:.

– Dezenas de pessoas morrem na Ucrânia nos combates entre forças governamentais e milícias pró-Rússia.

– Pelo menos 200 meninas são sequestradas no ataque do grupo armado Boko Haram uma escola na Nigéria.

None

Dia 16:.

– Um barco de passageiros naufraga na Coreia do Sul, matando cerca de 50 pessoas e deixando 200 desaparecidos.

None

Dia 17:.

– O escritor colombiano Gabriel García Márquez morre em sua casa na Cidade do México aos 87 anos.

– EUA, UE, Ucrânia e Rússia chegam a um acordo em Genebra para o desarmamento de todos os grupos armados ilegais na Ucrânia.

None

Dia 18:

– Um terremoto de 7,2 graus na escala Richter atinge o centro e o sul do México, mas causa apenas danos materiais.

None

Dia 19:.

– Libertados quatro jornalistas franceses sequestrados na Síria.

None

Dia 22:.

– A polícia da Coreia do Sul detém um novo tripulante – o oitavo, incluído o capitão-, por envolvimento no naufrágio da balsa Sewol, que deixou mais de 300 mortos e desaparecidos.

None

Dia 23:

– Em Gaza, Hamas e Fatah apresentam um acordo de reconciliação que inclui a formação de um governo de unidade.

– Ucrânia retoma a fase ativa da “operação antiterrorista” contra as milícias pró-Rússia.

None

Dia 24:.

– Rússia responde com manobras militares na fronteira com a Ucrânia.

– Israel suspende as negociações de paz com os palestinos após o acordo.

None

Dia 25:.

– Sete membros da Organização para a Segurança e a Cooperação na Europa (OSCE) são sequestrados por milicianos pró-Rússia em Slaviansk, no leste da Ucrânia.

None

Dia 27:.

– O papa Francisco proclama João XXIII e a João Paulo II santos.

– O primeiro-ministro sul-coreano, Chung Hong-won, renuncia em função do desdobramento do naufrágio do Sewol.

None

Dia 28:.

– Um tribunal egípcio condena à morte mais de 700 islamitas, entre eles o líder da Irmandade Muçulmana, Mohammed Badia.

None

Dia 29:.

– O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, finaliza nas Filipinas uma viagem por Japão, Coreia do Sul e Malásia.

– O parlamento francês aprova majoritariamente o programa de cortes do primeiro-ministro Manuel Valls.

None

Dia 30:.

– Pelo menos 35 pessoas morrem e várias ficam feridas por causa dos fortes tornados no centro e sul dos Estados Unidos. EFE