Prisão de executivo reflete em queda de ações da Odebrecht

  • Por Jovem Pan
  • 23/06/2015 18h49
CURITIBA,PR,20.06.2015:OPERAÇÃO LAVA JATO - Marcelo Odebrecht da construtora Odebrecht é encaminhado para o IML de Curitiba (PR), na manhã deste sábado (20). Marcelo foi detido durante ação da 14ª fase da Operação Lava Jato batizada de Erga Omnes (do latim, Contra Todos) e está sendo cumprida em quatros estados pelo país. . (Foto: Cassiano Rosário/Futura Press/Folhapress)Presidente da Odebrecht

A prisão do principal executivo da Odebrecht, Marcelo odebrecht, já resultou em danos para a empreiteira no mercado financeiro. A média diária de negócios com papeis da dívida da empresa está cinco vezes menor que o contabilizado duas semanas antes.

Outro problema foi o declínio de quase 10% das ações da empresa no pregão desta segunda-feira (22). Além disso, o giro financeiro proporcionado no segmento de renda fixa com bônus da Odebrecht avançaram.

O comportamento reflete uma expansão em até cinco vezes da compra e da venda do papel. Os volumes acima da média e a queda das ações expressam a preocupação dos investidores e do mercado financeiro com as prisões na Odebrecht.