Putin: “Adesão de Índia e Paquistão marca nova etapa da SCO”

  • Por Agencia EFE
  • 10/07/2015 15h07

Ufa (Rússia), 10 jul (EFE).- O presidente da Rússia, Vladimir Putin, afirmou nesta sexta-feira que a Organização de Cooperação de Xangai (SCO, na sigla em inglês) entra em uma nova etapa de desenvolvimento com o começo do processo de adesão de dois novos países: Índia e Paquistão.

“Pela primeira vez na história da Organização se inicia o procedimento de adesão de novos membros: Índia e Paquistão”, disse Putin ao inaugurar a reunião ampliada da cúpula da SCO, que reúne Rússia, China, Cazaquistão, Quirguistão, Tadjiquistão e Uzbequistão.

Ele destacou que uma série de países manifestaram seu interesse em se unir de uma ou outra forma à SCO, fundada em 2001 sobre a base do Grupo de Xangai, grupo criado para a segurança regional.

Entre as tarefas da Organização, Putin destacou a necessidade de criar um grupo de trabalho para lutar contra o financiamento do terrorismo através do narcotráfico, em particular o que procede do Afeganistão.

“Os dez anos de presença do contingente militar internacional (no Afeganistão) não trouxeram uma melhora qualitativa da situação”, constatou.

Putin acrescentou que a situação foi agravada “pela crescente atividade da organização terrorista chamada Estado Islâmico, que procura estender sua influência”.

Na cúpula da Ufa, acrescentou, será adotada a Estratégia de Desenvolvimento da SCO até o ano de 2025.

“Trata-se de um documento muito concreto e profissional apresentado pela parte russa e no qual trabalharam minuciosamente representantes de todos os países-membros”, antecipou o secretário-geral da SCO, o russo Dmitri Mezentsev, pouco antes do começo da cúpula. EFE