Quadrilhas de roubo a banco buscam o interior; entenda

  • Por Jovem Pan
  • 16/12/2014 08h27

Menor aparato de segurança e fator surpresa provocam crescimento dos casos de roubos no interior do estado e na Baixada Paulista. No litoral, as ocorrências dobraram e na região de Bauru, subiram 50 por cento; houve altas também em Campinas e Ribeirão Preto.

Na capital, os casos caíram de 103 para 67 nos dez primeiros meses deste ano na comparação com 2013, segundo a Secretaria de Segurança Pública. O pesquisador do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, Guaracy Mingardi, explicou por que as quadrilhas de roubo a banco têm buscado o interior.

Mingardi salientou que muitas quadrilhas que agiam na capital paulista mudaram de crime devido ao aumento do aparato de segurança. O delegado da Divisão do Patrimônio do Deic, Ruy Ferraz Fontes, citou o fator surpresa e explicou a Anderson Costa as causas da redução de crimes na capital.

Fontes negou que os criminosos tenham migrado da capital para o interior e diz que 25 assaltantes de banco foram presos em 2014 pela divisão. Segundo a Secretaria de Segurança Pública, houve queda dos casos nas regiões de São José dos Campos, Sorocaba, Piracicaba e Grande São Paulo.