Quais são meus direitos no cancelamento de uma viagem de navio?

  • Por Jovem Pan
  • 26/01/2015 15h44
Argentina impede que navios façam escala nas ilhas Malvinas

Advogado especialista em direitos do consumidor, Arthur Rollo explica os direitos que o consumidor tem ao cancelar uma viagem de cruzeiro.

Quanto mais próximo do cancelamento, maior a multa que se paga. Cancelar em cima da hora não dá direito a nenhuma devolução. Rollo considera essa uma cláusula abusiva e defende a devolução de no mínimo 50%.

Quando há problema de saúde atestado pelo médico – é até interesse da companhia que o cliente não viaje doente. Por isso ele tem direito à devolução integral do valor págo ou reagendamento da data do cruzeiro.