Queda de avião no Afeganistão mata 3 membros da Otan

  • Por Agencia EFE
  • 10/01/2014 03h05

Cabul, 10 jan (EFE).- Dois soldados e um civil das forças da missão da Otan no Afeganistão (Isaf) morreram nesta sexta-feira quando o avião em que estavam sofreu um “percalço” no leste do país asiático, informou a organização multilateral em comunicado.

A Isaf não precisou o lugar onde aconteceu o incidente, suas causas e a nacionalidade das vítimas, como é habitual por parte da Otan.

Os acidentes de aeronaves das forças internacionais são relativamente frequentes no Afeganistão, especialmente os helicópteros, já que grande parte dos deslocamentos de seus soldados no interior do país são feitos desta maneira.

Em meados de dezembro, seis soldados americanos morreram após a queda da aeronave na qual viajavam no sul do país asiático.

Em 2011, 30 soldados dos EUA e sete afegãos morreram na província de Wardak, no centro do Afeganistão, depois da queda do helicóptero em que estavam durante uma operação contra os talibãs, que afirmaram terem derrubado o aparelho.

Aquele incidente foi o mais grave para as tropas americanas desde o início da invasão ao Afeganistão em 2001.

As tropas internacionais começaram em julho de 2011 sua retirada gradual do país asiático e a transferir a competência da segurança para o Exército e polícia afegãos.

Este processo deve ser concluído este ano, de acordo com o roteiro previsto. EFE