Queda de bimotor em Belo Horizonte foi sétima ocorrência em menos de um ano

  • Por Jovem Pan
  • 08/06/2015 09h51

Um avião de pequeno porte caiu sobre uma residência na rua São SebastiãoUm avião de pequeno porte caiu sobre uma residência na rua São Sebastião

Avião de pequeno porte cai em cima de casa na região Norte de Belo Horizonte e mata três pessoas.

Todos que estavam dentro da aeronave morreram: o piloto, Emerson Thomazine, de 43 anos, o copiloto, Gustavo de Toledo Guimarães, de 38 anos, e um tripulante, o também piloto Carlos Eduardo Abreu.

Uma pessoa estava no imóvel atingido na hora da queda, mas surpreendentemente não sofreu ferimentos. Após o acidente, o avião pegou fogo e os bombeiros combateram o incêndio que consumiu a residência inteira.

De acordo com a Força Aérea Brasileira, o avião era um bimotor King Air e decolou do aeroporto da Pampulha pouco antes do acidente. O destino era a Fazenda Sequoia, na cidade de Setubinha, no Leste de Minas Gerais.

Segundo a FAB, a aeronave era operada pela empresa Atlântica Exportação e Importação, empresa especializada em grão de café cru.

Esta é a sétima ocorrência de pouso forçado ou queda de aeronave na Região Metropolitana de Belo Horizonte desde agosto de 2014, desta vez com vítimas.

Nas outras, o pouso permitiu que os passageiros e tripulantes fossem salvos. Em novembro do ano passado, duas pessoas ficaram feridas na queda de um avião também na região norte da capital mineira.

Informações de Victor LaRegina