Raro tubarão conhecido como “fóssil vivente” é capturado na Austrália

  • Por Agencia EFE
  • 21/01/2015 11h29

Sydney (Austrália), 21 jan (EFE).- Um grupo de pescadores capturou um exemplar de um raro tubarão-cobra, conhecido como o “fóssil vivo”, nas águas do sudeste da Austrália, informaram nesta quarta-feira os meios de comunicação locais.

Este tubarão, cuja espécie parece existir a cerca de 80 milhões de anos, tem a cabeça e a cauda como as de um tubarão, embora seu corpo seja mais parecido ao de uma enguia, e possui cerca de 300 dentes repartidos em 25 fileiras.

O exemplar, de cerca de dois metros de comprimento, foi capturado perto dos lagos Entrance, no estado australiano de Victoria, e segundo Simon Boag, da Associação de Pesca com Rede do Sudeste, é a primeira vez que é lembrado que este animal tenha sido avistado.

“Realmente parece que exista há 80 milhões de anos. Tem um aspecto pré-histórico, parece ser de outro tempo”, disse Boag à emissora local “ABC”.

Os cientistas da Organização para a investigação Industrial e Científica da Mancomunidad de Australia (CSIRO) confirmaram que se trata de um tubarão-cobra, uma espécie conhecida pela comunidade científica, mas raramente avistado pelos pecadores.

Geralmente este animal é visto em profundezas de mais de 1,2 mil metros, embora o exemplar capturado estava a cerca de 700 metros.EFE